COMPRE SEUS PRODUTOS COM A GARANTIA DO PAYPAL QUE CABELOLISOPT OFERECE AOS SEUS CLIENTES

18 de set de 2009

COMO TRATAR O CABELO COM UMA PROFISSIONAL

O secador nunca deve estar nem muito quente nem muito perto do seu cabelo.
Quanto mais volume pretender, maior deve ser a escova.
Cabelo abaixo do cotovelo é demasiado cabelo. Corte-o sempre acima desta linha.



Termine todas as secagens com o secador no frio; isto fechará as cutículas e proporcionar-lhe-á mais brilho. Não compre um secador que não tenha a opção do frio.


O momento ideal para pentear o cabelo é quando ele está 85% seco.
Secador = cabelo volumoso e acabamento refinado. Secar o cabelo com um secador, levanta as raízes e dá-lhe mais corpo. Secar ao natural = caracóis e ondas naturais. Não frite o seu cabelo nem o seque demasiado.


Não o lave em excesso. Muito champô retira-lhe os óleos naturais. Quanto mais seco for, menos lavagens deverá fazer.


Mesmo que esteja a deixar crescer o cabelo, cuide-o. Pontas espigadas enfraquecem-no e proporcionar-lhe-ão um crescimento definhado. Para que é que serve um cabelo comprido e todo espigado?


Para luxo e brilho extras, use água engarrafada na última passagem. Pode parecer loucura mas a água dos canos tem diferentes níveis de pH e alguns danificam o cabelo. Usar água engarrafada assegurar-lhe-á um pH neutro. Dentro de um mês, o seu cabelo terá muito mais brilho.


As escovas de cerdas macias são as melhores amigas do seu cabelo e o toucador ajuda muito na hora de se arranjar.


Para reavivar uma franja mole, esguiche um pouco de champô seco e penteie. Durará o dia inteiro.


Para conseguir um acabamento de cabeleireiro em poucos minutos, coloque três rolos de velcro gigantes no topo da cabeça. Vaporize com um pouco de água, seque com o secador e desenrole.


13 de set de 2009

FÉRIAS COLETIVAS

ENFIM,FÉRIAS COLETIVAS!
AFINAL MERECEMOS!
MAS NÃO ESQUEÇA DE DEIXAR SEU RECADINHO OU SUA ENCOMENDA PORQUE DIA 1 DE SETEMBRO ESTAREMOS DE VOLTA.
JÁ ESTAMOS COM SAUDADES!

6 de set de 2009

CHAPINHA É PRÁTICO!

A chapinha, além de ser prática para alisar os cabelos, também deixa os fios mais brilhosos, porque quando eles esticam as cutículas se fecham e a luminosidade aparece. Porém pode tornar-se o grande vilão das madeixas danificadas se usado de forma incorreta.

A maioria das mulheres preferem usar os cabelos lisos, mesmo que os enrolados estejam na moda, a prova disso é o sucesso que a chapinha faz.Embora a chapinha seja um aparelho básico hoje em dia para muitas mulheres, existem tantos modelos, que na hora de escolher o modelo mais adequado ficamos perdidas.A chapinha é capaz de alisar os cabelos com rapidez e eficiência e sem precisar utilizar produtos químicos. Ela vem evoluindo cada vez mais. No passado era feito de placas de alumínio, hoje elas possuem placas de cerâmicas.As escovas definitivas, por exemplo, utilizam a chapinha para dar forma lisa aos fios. As cauterizações, feitas com produto termo ativados, utilizam a chapinha para garantir maior penetração das substâncias hidratantes e reconstrutoras do fio

Algumas chapinhas de metal tem um termostato, que funciona esquentando e esfriando a chapa. Na prática, isso é ruim para os fios porque a pessoa acaba passando mais vezes a chapa na mesma mecha quando a temperatura está baixa, o que acaba danificando o fio.As chapinhas de cerâmica, possuem um material que não desgasta tanto com o tempo e não cria vincos facilmente, se for utilizada da maneira correta. E a vantagem da cerâmica é com relação a temperatura. A temperatura é estável devido ao material, não sendo necessário passar a prancha muitas vezes no mesmo lugar.A evolução na ionização das chapinhas também foi algo muito importante. Os íons neutralizam a eletricidade estática dos fios, ou seja, acabam com o arrepiado, contribuem para fechar as cutículas e a aumentar o brilho e a maciez.Os íons também fazem à quebra de moléculas de água que estão na superfície dos fios, o que facilita a absorção delas pelos cabelos, o que resulta em uma maior hidratação e proteção para os fios.


Há também chapinhas que usam a tecnologia de ondas infravermelhas, que esquentam a parte mais central do cabelo, e por isso não danificam tanto a superfície dos fios.