COMPRE SEUS PRODUTOS COM A GARANTIA DO PAYPAL QUE CABELOLISOPT OFERECE AOS SEUS CLIENTES

6 de set de 2010

quando a cabeça não pensa o corpo paga

Este Blog
Link daqui
A web
Este Blog
Link daqui



CABELOS: "QUANDO A CABEÇA NÃO PENSA O CORPO PAGA" !

Recebo todos os dias e-mails e comentários sobre cabelos danificados por profissionais, produtos ou por procedimentos errôneos. E muitos até com quedas sérias e já buracos no couro cabeludo.

É importante entender que mudanças de químicas é um risco imenso e isso só não depende do profissional.

Muitas vezes entramos num salão e até mentimos ou insistimos para que possamos fazer o procedimento " X " que queremos. Aí, pagamos caro por isso e saímos culpando o profissional ou os produtos que foram aplicados pelo profissional !
Também há profissionais ruins como em toda Classe Profissional! Aqueles que só visam lucros, por exemplo ! Mas se você pesquisar, procurar informações...só vai ser enganada porque deixou ser enganada !

Também fui muito enganada até o dia que dei um basta ! Como também já menti em cabelereiros para poder fazer o que eu queria naquele momento e no fim sai com os cabelos parecendo um Bombril de última qualidade.

Vou citar dois desastres em minhas madeixas :

Morava em Brasília e aos dezoito anos decidi que não queria ser mais loira ! Fui num excelente Salão e pedi para pintar os meus cabelos de preto.
O cabelereiro na mesma hora falou: - Não pinte seus cabelos de preto porque você nasceu loira, não vai ficar bem de cabelos escuros e o pior de tudo que depois vai passar o resto da vida pintando os cabelos.
Insisti tanto, tanto, tanto...!!! O cabelereiro acabou pintando meu cabelo loiro virgem de preto.
Fim da história: fiquei horrorosa com aquela cor nas madeixas e passei a ser escrava de tinta de cabelos aos 18 anos. Pior, escrava de tintas para continuar com o mesmo visual : loira.

Depois de anos, inventei fazer um permanente porque tenho cabelos lisos e a moda era cabelo cacheado.
Fiz um permanente em seguida de mechas num Salão de nome.
Fim da história: não sabia do risco que corria, fiquei com o cabelo todo frizado porque nem o permanente pegou direito, quebrou todo, as pontas detonadas, não tinha pente que entrasse naquele mufuá, ficou uma palha de tão ressecado e tive que cortar curtinho. Não tive outra saída porque nem tratamento ia resolver naquele cabelo totalmente morto! Na época , nem havia esse avanço da cosmetodologia de hoje para tentar salvar minhas madeixas!

Hoje tenho a consciência que a máxima culpa foi minha e não dos cabelereiros. Na primeira experiência porque não ouvi o conselho certo do profissional, na segunda experiência porque era leiga e fui enganada.

Por essas e outras que comecei a me interessar por tudo sobre cabelos.

Então, fiquem espertas !

Se um profissional dizer para você que tal procedimento "NÃO DEVE SER FEITO" nos seus fios, desista ! Um profissional bom e consciente sabe o que é o melhor para suas madeixas !

Fazer vários procedimentos seguidos com químicas diferentes pode ter um resultado desastroso.
Produtos incompatíveis também não tem como as seguêlas não serem as piores.

Não faça nenhum procedimento no primeiro impulso ! Pesquise, fuxique, pergunte, pense quantas vezes for preciso e decida finalmente !

E se os cabelos agora estão detonados, não importa se você ou o profissional que teve culpa... é o momento de dar um tempo em químicas e tratar os fios. Mas se você quiser continuar insistindo com as químicas pesadas... pode estar certa que estará comprando uma passagem para o "Mundo dos Carecas".

Nem sempre "Querer é poder" !
Porque "quando a cabeça não pensa o corpo paga"!
Só nos resta depois lamentar !


Mais dúvidas ou perguntas:
lookchique@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário